domingo, 4 de junho de 2017

Caminhada Verde Mondego - Coimbra

No passado dia 4 de Junho, juntámo-nos a um grupo, numa caminhada organizada pela Escola de Atletismo de Coimbra, com o apoio da OralMed, caminhada esta, integrada nas festividades da União de Freguesias de S. Martinho do Bispo e Ribeira de Frades.

A concentração ocorreu na Alameda da Feira, junto da sede da Junta de Freguesia, seguindo depois, pela estrada de alcatrão até à ponte açude, onde atravessámos o Mondego em direcção à Mata Nacional do Choupal.

Caminhando ao longo do canal, entrámos na Mata pela entrada principal onde desfrutámos da frescura daquele espaço magnífico, caminhando durante alguns minutos pelos seus arruamentos.

Deixando para trás este belíssimo lugar, um dos pulmões da cidade de Coimbra, voltámos ao alcatrão para efectuarmos o caminho de regresso.

Á organização, um bem haja por esta iniciativa, que conseguiu motivar grupo considerável de pessoas, num domingo de manhã, proporcionando uma actividade saudável e algumas horas de divertido convívio, ao longo de cerca de 7,5 Km.


Mapa do Percurso




















domingo, 19 de fevereiro de 2017

São Martinho de Mouros - Resende

Deixando para trás Lazarim e Lamego, passámos junto ao Douro, onde podemos admirar a cidade da Régua na outra margem. Passámos junto do local onde já havíamos efectuado o PR2 – Trilho do Vinho do Porto em Samodães e dirigimo-nos para outra aldeia desconhecida por nós: São Martinho de Mouros no concelho de Resende, encarrapitada numa encosta, na margem direita do Rio Bestança.

Ficámos alojados na Casa Cardoso onde fomos simpaticamente acolhidos pelos proprietários, que nos deram a provar o fabuloso vinho do Porto da região e nos deram algumas informações sobre os locais a visitar e para jantar.

Jantámos na sede de conselho, passando pelo Parque Fluvial de Porto de Rei.

No dia seguinte dedicámo-nos a conhecer a aldeia, visitando a Igreja do Senhor do Calvário e subindo ao Nicho do Imaculado Coração de Maria, um miradouro com soberbas vistas sobre o vale do Rio Douro.

Descendo de regresso à aldeia, pelas suas ruas calcetadas e muito bem cuidadas, passámos junto da Capela de Sant’Ana e da Antiga Domus Municipalis, chegando depois à Igreja de S. Martinho de Mouros, monumento do do Sec.XII, que faz parte do circuito da Rota do Românico.

Continuando para o nosso ponto inicial, seguimos pela Avenida Nené Ribeiro. Esta avenida, ladeada de cerejeiras, ficará com um aspecto bastante diferente quando as mesmas estiverem em flor ou com frutos, proporcionando-nos um belíssimo espectáculo e convidando-nos a outra visita, vislumbrando uma paisagem diferente.

Foi uma manhã muito bem passada, onde ao longo de 4km nos passeámos por mais um bocadinho de Portugal.


Mapa do Percurso