sábado, 12 de julho de 2014

PR1 - Rota de Maiorca ou Rota dos Arrozais

A aventura de Nenuco e Pastelita do dia 12 de Julho 2014 foi no concelho da Figueira da Foz, em Maiorca, por entre arrozais, vacas e ovelhas

O início do percurso deixou-nos um pouco baralhados, pois o folheto que tínhamos denominava o percurso como “Rota de Maiorca”, no Terreiro do Paço apenas aparecia uma placa com “Rota dos Árrozais” e do painel de início apenas existia a estrutura em madeira, não havia nada que nos desse garantias de que se tratava do mesmo percurso. Decidimos arriscar e seguir naquela direcção deixando assim o Terreiro do Paço no centro de Maiorca, descemos à Igreja Matriz e seguimos em direcção a Arneiro de S. João e ao Parque do Lago, local muito agradável muito verdejante, com patos e um enorme parque de merendas com vários grelhadores. Lamentamos que aquando da nossa passagem as torneiras ainda estivessem desactivadas e todo recinto apresentasse algum estado de abandono, necessitando de alguma manutenção ao nível de limpeza de vegetação que invade os trilhos e os lagos, lamentamos igualmente o mesmo estado de desleixo nos painéis informativos ao longo de todo percurso, pois excluindo as placas que sinalizam “Rota dos Arrozais” todas as outras apresentam bastante degradação, algumas mesmo ilegíveis.

O restante percurso é efectuado a caminhar pelos campos do Mondego, com inúmeras pontes antigas e calçadas, passando pela capela de Santa Olaia para em seguida irmos ao encontro do rio Mondego, surgindo a cada momento algo que prende a nossa atenção: uma cegonha, um milhafre, um barco, uma manada de vacas, um rebanho de ovelhas, uma flor e até o maravilhoso Castelo de Montemor-o-Velho. 

O dia estava bastante quente, a reserva de água já estava a acabar e foi com grande animação que chegámos à Fonte das Oliveiras onde nos refrescámos para continuarmos até ao nosso ponto de partida. 

Foi um percurso muito bonito, com alguma extensão (12 kms) mas muito fácil, tendo em conta a quase inexistência de desníveis acentuados, recomendamos assim que façam este passeio e ficarão tão satisfeitos quanto nós.

Folheto em PDF