sábado, 21 de maio de 2016

Trilho da Cascata - Conímbriga

Regra geral, todas as fotos de cascatas despertam a nossa atenção, mas a foto de uma cascata numa zona próxima de nós, ainda desperta muito mais...



Foi o que aconteceu ao vermos um conjunto de fotos, numa rede social, sobre a Cascata de Condeixa. Como já tínhamos efetuado o percurso PR1-Rota de Conímbriga e não nos tínhamos apercebido da sua existência, ficámos com bastante curiosidade e no fim-de-semana, lá fomos nós rumo às Ruinas de Conimbriga, em busca da cascata desconhecida.
Passando por detrás do Museu de Conimbriga, seguimos o percurso que já tínhamos efetuado em Outubro 2013, seguindo em direção à Mata da Bufarda e passados pouco mais de 500m encontrámos um trilho estreito que desce abruptamente, por caminho sinuoso até junto do Rio dos Mouros.

Atravessámos o rio por uma estreita ponte de madeira, e daqui já se adivinhava a cascata devido ao som de água a cair. Subimos um trilho escabroso, onde foram colocados cabos para uma maior segurança e para facilitar o acesso, e lá estava ela… em todo o seu esplendor… na sua base existia uma espetacular piscina natural de águas límpidas e cristalinas, que vão descendo o rio, formando outras piscinas de dimensões mais pequenas. Um pequeno paraíso, felizmente ainda pouco conhecido.

Seguindo a continuação do trilho, subimos a encosta até voltarmos a encontrar de novo o PR1- Rota de Conímbriga, que nos levou de volta ao local onde tínhamos iniciado o passeio, percorrendo assim 3,6 Km, num percurso circular.

Mapa do Percurso