quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Parque Nacional Peneda/Gerês – Lindoso

Estando tão próximos da fronteira, Nenuco e Pastelita deram “um saltinho” em terras espanholas para em seguida visitarem a freguesia de Lindoso mais o seu castelo altaneiro” 


Para descontrair um pouco do percurso efectuado em Parada, optámos por passar a fronteira e percorrer um pouco das estradas espanholas, passando pelas localidades de Compostella e Lantemil, aldeias com vistas fantásticas sobre a albufeira da barragem que visitámos de seguida, a Barragem do Alto Lindoso, situada no Rio Lima em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês, sendo este local o centro produtor hidroeléctrico mais potente, instalado no nosso país.


Chegados à aldeia de Lindoso fomos de imediato à Porta do Parque em busca de mais informação sobre a zona, foi aqui que nos informaram do custo de 1€ por cada folheto informativo de percursos pedestres da região, ao qual manifestámos o nosso desagrado e a quem informámos das dificuldades da manhã devido à má sinalização do percurso. Esta é a porta mais central do Parque, apenas a 3 kms da fronteira espanhola, permitindo a ligação entre a área protegida portuguesa e o Parque Natural Baixa Limia/Serra do Xurés.

Nos terrenos adjacentes ao Castelo, ex-líbris da localidade e motivo de orgulho dos habitantes por ter servido para defender o Lindoso e Portugal, encontra-se o maior conjunto de espigueiros do Pais, assim como o pelourinho, o cruzeiro do castelo, deixando os visitantes bastante entusiasmados.

Para terminar o dia em beleza, fomos visitar a sede de concelho, Ponte da Barca, local onde jantámos e saboreámos um excelente vinho verde.